sábado, 13 de dezembro de 2008

Etimologia da paixao


huum...vai p minha lista de "quando puder eu compro" ou melhor..ja sei o que me dar de ano novo...e agora deixo agua na boca p vcs ...confere!



Ivonne Bordelois desvenda a história secreta das palavras que nomeiam as nossas paixões


O que palavras como amor, ira, inveja, cobiça e esperança têm a nos dizer? Por trás de seus sentidos aparentes — e dos significados cristalizados nos dicionários — as palavras têm uma vida secreta e uma história oculta. No caso daquelas que nomeiam as paixões, investigar o seu passado pode levar a descobertas reveladoras, arrancando de um esquecimento imemorial verdades surpreendentes sobre o ser humano e suas paixões. É este o empreendimento da lingüista e poeta argentina Ivonne Bordelois em Etimologia das paixões. Numa abordagem original e ousada, ela interroga a própria linguagem, enveredando pelas suas raízes mais remotas, mas sem jamais perder de vista a clareza e a leveza do texto.

A etimologia, nesse sentido, pode ser entendida como uma arqueologia da sabedoria coletiva submersa na língua, uma exploração destinada a encontrar tesouros escondidos em ruínas. Ivonne Bordelois consegue conciliar a ciência dos dicionários e a erudição dos estudos etimológicos numa reflexão clara e envolvente, proporcionando ao leitor uma viagem pelos labirintos da linguagem percurso enriquecido pela remissão a filósofos como Platão, Nietzsche e Espinosa. A autora acredita que a busca da origem de determinadas palavras — aquelas que exprimem idéias ou sentimentos fundamentais, que muitas vezes nascem de sensações primitivas ou mesmo corporais — pode levar à superação de bloqueios individuais e sociais e ao entendimento da nossa relação, como indivíduos e comunidades falantes, com o nosso passado histórico e com as vicissitudes da nossa própria experiência pessoal.

2 comentários:

Nah disse...

Depois que você se presentear e ler, claro. Empresta pra's amigas ^^
Beijos =*

6son! disse...

sí!