domingo, 24 de julho de 2011

feridas, regeneração, cicatrizes e riso.

Se a algo que me surpreendo é o empenho do organismo em manter-se vivo, sua capacidade de regeneração...cicatrização, como? tah eu sei dos princípios fisiológicos, minha inquietação é quando
o dano ultrapassa a barreira do físico, quando a ferida é no sentir, lá dentro entre algo que não se configura uma caixa torácica e uma alma, fico fascinada quando a regeneração é ai, nossa...toda dor, o todo gerado simplesmente vai amenizando como a maioria das dores físicas, (paciência é claro, tem de existir, como ferida no corpo dependendo das profundidade e das proporções é que varia o tempo de cicatrização)...e diz..olha estou feliz outra vez, completo!
E o que você fazia antes, que tinha todo um teor dramático, hoje são só boas historias para contar!
É meu caro leitor viver deva ser isso, me surpreende esta capacidade, quebrar ciclos viciosos de cutucar feridas..ter vontade de sair de um efeito "io-io"de autoferir-se deixar o pobre corpo se recuperar..ahh não tem preço. Complicado que algumas pessoas não gostam do efeito dessas marcas, muito individual a forma de ver isso, aprendi a gostar das minhas, mostram experiencia da vivência de algo, peito marcado e coração pulsante por querer-se manter vivo.  O suprassumo da vida talvez se faça disso:feridas,regeneração e cicatrizes e riso.

Tins, dons e tais para você também.
Sempre.
=)

3 comentários:

Aécio Santos disse...

Hum.....

bastidoresdenosdois disse...

6ção, ñ gosto de cicatriz não. hahahha

Tenho uma de cirurgia na barriga (poxa, eu eu ñ fui feliz até ter ela, eu tinha uma hernia e tirei, com 2 anos), Tenho marcas de acne, que nada mais são que minha inquietação.

Acho que pode ter a cicatriz que conte uma história boa, mas será que para viver algo bom, temos que nos machucar?

Ceição. disse...

Paua...
geralmente as coisas devem ter um equilibrio e por mais que viva algo bom, em um momento teremos que nos machucar, não é só de sim's que nos fazemos...se não caimos não descobrimos que podemos levantar.