domingo, 5 de fevereiro de 2012

é bem assim...

"Medo não tem cabelo,"
Medos tem me dado as mãos,eu o abraço,
o percorrer frio na espinha rasga, sinto pulsar, medo.
Medo paralisa,te faz vim toda tona,a todo tom
mas estamos abraçados,não é mais só aquele estranho
que eu evitava olhar,eis de mim agora, emanação ,
vibração minha, é meu.Reconhecer sensações como suas,
torna mais seu o tremor que toma conta de si.
Aceitavél?tolerante?talvez, mais menos denso e menos mais calibroso.

Um comentário:

Naeem disse...

I’d have to check with you here. Which is not something I usually do! I enjoy reading a post that will make people think.i have a best Medical Transcription company Also, thanks for allowing me to comment!